FANDOM


Shirō Fujimoto
Shirō Fujimoto
Nome Shirō Fujimoto
Kanji 藤本 獅郎
Romanji Fujimoto Shirō
Características
Raça Humano
Aniversário 10 de Maio
Idade 51
Sexo Masculino
Altura 177 cm
Peso 62 kg
Olhos Marrom ou Vermelho
Cabelo Cinza
Tipo Sanguíneo AB
Situação Profissional
Afiliação Exorcistas
Situação Pessoal
Estado Falecido
Família

Rin Okumura (Filho Adotivo)
Yukio Okumura (Filho Adotivo)

Exorcista
Classe Primeira Classe Superior, Paladin
Tipo Meister Cavaleiro, Dragoon, Aria, Doutor, Domador
Primeira Aparição
Estréia (Mangá) Capítulo 1
Estréia (Anime) Episódio 1
Vozes
Voz Japonês Keiji Fujiwara

Shirō Fujimoto (藤本 獅郎, Fujimoto Shirō) foi o tutor de Rin Okumura e Yukio Okumura e também foi considerado um dos mais poderosos Exorcistas do mundo, ganhando o posto de Paladin em algum ponto. Satã estava constantemente tentando possuir seu corpo e finalmente conseguiu, após o que e Shirō foi forçado a cometer suicídio. Ele fez isso a fim de expulsar Satã e salvar Rin. Shirō teve um demônio familiar cat sith, que ele chamou de Kuro, que Rin herdou. Ele também foi mentor de Shura Kirigakure.

Personalidade Editar

Shirō era muito misterioso, mas tinha uma personalidade protetora e um coração bondoso. Apesar de que foi um Paladin, ele não era impiedoso para com os demônios como ele fez amizade com o cat sith, Kuro, e é o pai adotivo de Rin, o que faz dele uma das poucas pessoas capazes de acalmar Rin. Apesar de que foi um sacerdote, ele ás vezes era imaturo e brincava, e gostava de mulheres com seios grandes como ele fez Shura sua aprendiz e alega que ele quebrou suas costelas para que uma enfermeira pudesse cuidar dele. Alguns traços de sua personalidade, possivelmente, passaram para a Rin e talvez Shura.

No passado, Shirō mostrou ter uma personalidade de coração frio e seguiu as ordens do Vaticano, como mostrado no episódio 23. Ele estava irritado com Yuri por fazer amizade com os demônios e tentou destruí-los, apesar deles serem seus amigos. Sua perspectiva mudou para demônios embora quando Yuri deu à luz a Yukio e Rin. Ele mudou de idéia quando Rin riu quando ele estava prestes a matá-los. Pelo amor de Yuri, ele decidiu aumentar os dois meninos que Mephisto ri menos. Shirō costumava ser um fumante inveterado, mas quando Rin sorri para ele, ele decide sair por causa dos meninos.

Aparência Editar

Passado Editar

Enredo Editar

Saga de Início Editar

Fujimoto repreendendo Rin.png

Fujimoto repreendendo Rin por não conseguir um emprego.

Shirō foi visto pela primeira vez falando com Rin quando ele foi para a igreja. Ele questionou Rin por que ele estava coberto de hematomas. Rin respondeu que ele caiu da escada depois de ver uma garota gostosa. Fujimoto, de repente, se levantou, e repreendeu Rin para sair desse caminho. Então, ele percebeu que Rin estava mentindo, e por isso deu um soco na cabeça dele. Shirō disse para Rin que ele não deveria se meter em brigas, por que influenciaria seu emprego. Então, Yukio chegou dizendo que ele terminar de colocar suas coisas nas caixas para a mudança. Alguns outros sacerdotes na igreja comentaram que, apesar de Rin e Yukio serem gêmeos, eles são totalmente diferentes. Irritado com isso, Rin libera rapidamente suas chamas, mas sem muita visibilidade. Shirō, então, rapidamente correu para o aquecedor para ver se era seguro, comentando que ele deveria comprar um novo aquecedor melhor. Nagatomo apareceu e informou Shirō que eles tinham visitantes. Shirō saiu, mas antes pediu para Yukio cuidar das feridas de Rin.

Fujimoto e Rin-gravata.png

Fujimoto discutindo o "crescimento" de Rin, enquanto amarrava sua gravata.

Antes de sair para uma entrevista de emprego no supermercado Cross Mall, Rin viu seu pai Shirō consolando uma menina e sua mãe. Shirō disse para a garotinha acreditar na proteção dos pais, e dos exorcistas também contra os demônios maus. Assim que a menina e a mãe saíram, Rin apareceu dizendo que demônios não existem. Shirō, no entanto, disse que os demônios existem no coração das pessoas. Ele pergunta à Rin o motivo de ele estar vestindo um terno. Rin respondeu que ele estava indo para uma entrevista de emprego. Shirō percebeu que estava faltando a gravata no terno de Rin e disse que iria amarrar para ele. Enquanto amarrava a gravata, ele comentou que Rin cresceu apenas fisicamente, pois seu comportamento ainda era de criança. Rin discorda dizendo que ele vai mostrar para Fujimoto o quanto ele cresceu, antes de partir para sua entrevista de emprego.

Fujimoto com trevo.png

Fujimoto dando o trevo para Yui.

Ao ser aceito no seu trabalho, Rin telefona para casa contando a notícia a todos. Fujimoto então lhe disse que ele deveria se apressar em casa para a festa de despedida de Yukio. À noite, os sacerdotes da capela e Yukio estavam esperando pela volta de Rin, que ainda não havia chegado. Eventualmente. Yukio foi à procura dele. Quando Yukio e Rin voltaram para casa juntos, eles encontraram Shirō falando com o pai da mesma garota que o visitou. Rin comentou que não era imaginação da garota, mas sim algumas criaturas estranhas que lhe provocavam. Surpreso, Shirō parou a discussão de Rin com o pai e deu à menina um trevo de quatro folhas que iria protegê-la dos "fantasmas". Ele então disse à Rin que era um milhão de anos cedo demais para ele repreender alguém. Depois, Shirō e Rin continuaram a festa de despedida de Yukio.

Fujimoto exorcizando Astaroth.png

Fujimoto exorcizando Astaroth.

À noite, o padre Fujimoto foi ver se o selo Koumaken foi enfraquecida. Quando ele abriu a prateleira, ele viu a quebra do selo. No dia seguinte, Shirō notou a presença de demônios Coal Tar flutuando no ar de toda a cidade. Ele, então, foi em busca de Rin, que não deveria sair da proteção da capela mas havia saído. Fujimoto chegou a tempo de ver o demônio Astaroth prestes a levar Rin à Gehenna. O padre Fujimoto exorcizou Astaroth com suas orações, e o retirou do corpo de Shiratori. Fujimoto e Rin, em seguida, correram para a igreja, encontrando muitos demônios ao longo do caminho.

Fujimoto exorcizando-2.png

Fujimoto exorcizando Astaroth pela segunda vez.

Quando finalmente chegou à igreja, Fujimoto disse aos outros exorcistas para colocar barreiras ao redor da área da capela para impedir a entrada de demônios. Ele então levou Rin para uma sala secreta embaixo da igreja onde ele deu-lhe a Espada Kurikara, que tinha os poderes selados dentro de Rin. Ele disse à Rin que eles precisavam manter isso em segredo para ele a fim de deixá-lo viver como um ser humano. Os demônios finalmente invadiram o território da igreja, iniciando uma enorme batalha entre demônios e os exorcistas. Fujimoto deu um celular com o número de telefone de seu melhor amigo que seria capaz de ajudar Rin a fugir. Em seguida, ele trancou Rin na sala secreta e foi lutar ao lado de Nagatomo, Kyodo, Maruta e Izumi contra os demônios. Na luta, ele utilizou uma arma para atacar Astaroth, mas conseguiu exorcizar o demônio com meister Aria, finalizando a luta.

Fujimoto possuido.png

Satã possuindo Fujimoto.

Rin voltou à sala principal da igreja. Confuso por ter descoberto que era filho de Satã e que era um demônio, Rin, então, disse para Fujimoto que ele só quer se livrar dele. Rin pensou que Fujimoto estava cansado de agir como seu pai. Então, Rin disse que Fujimoto deve parar de fingir ser seu pai. Fujimoto, irritado com Rin, deu-çhe um tapa no rosto e disse-lhe para fugir. De repente, entretanto, Fujimoto foi possuído por Satã, que veio para arrastar Rin para Gehenna.

Fujimoto se suicida.png

Fujimoto se suicida para salvar Rin.

Quando Satã abriu o Portão Gehenna e estava prestes a arrastar Rin para Gehenna, Fujimoto recuperou o controle sobre seu corpo e parou de posse de Satã perfurando o próprio peto e cometendo suicídio. Satã, porém alegou que era tarde demais. Com Rin, incapaz de se libertar do portão, ele tirou a espada que selava seus poderes e fechou o portão Gehenna, deixando Fujimoto falecido e Rin em Assiah. Após o incidente, Yukio chegou à igreja em estado de choque.

No dia seguinte, todos foram ao funeral de Fujimoto. Lá, Rin ligou para o número do amigo que Fujimoto lhe deu, e reuniu-se com Mephisto Pheles.

Poderes e Habilidades Editar

Fujimoto-Dragoon.png

Fujimoto como meister Dragoon.

Shirō Fujimoto era conhecido por ter sido um Dragoon, Domador, Aria e também poderia ter possivelmente sido um Cavaleiro e Doutor. Ele foi também conhecido como o primeiro Paladin, que é o título final de qualquer Exorcista. Seus talentos de exorcizar eram tão grandes que ele facilmente exorcizou Astaroth, O Rei da Decadência instantaneamente. Ele também tem apresentado força de vontade extrema, retomando o seu corpo, apesar de estar sendo possuído por Satã, o deus demônio de Gehenna.

Relacionamentos Editar

Rin Okumura Editar

Artigo principal: Rin Okumura

É o filho adotivo de Shirō que deu mais trabalho, Fujimoto cuidou de Rin e de seu irmão desde a infância, depois da morte da mãe deles. Shirō sempre foi mais preocupado com Rin, tanto conselhos e broncas.

Yukio Okumura Editar

Shura Kirigakure Editar

Artigo principal: Shura Kirigakure

Shura era a discípula de Shirō.

Mephisto Pheles Editar

Curiosidades Editar

  • Foi ele quem ensinou Rin a amarrar uma gravata.
  • Seus passatempos e talentos são: coleta de livros adultos, ter cuidado de seus óculos, e adormecer em qualquer lugar e a qualquer hora.
  • Sua média de horas de sono por noite é de 6 horas.
  • Ele gosta de garotas quentes com seios grandes.
  • Seus gêneros de mangás favoritos são: Romance, drama emocional e drama social
  • Sua comida favorita é Oden, especialmente o rabanete japonês (Daikon).
  • Ele não fumou por 15 anos.
  • Ele é conhecido e visto usando uma espingarda como arma.

Frases Editar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória